quarta-feira, 9 de setembro de 2009

A vez do Cerrado e da Cantareira


Conforme prometi algumas vezes, este blog não irá trazer apenas más notícias sobre o meio-ambiente. E eu gostaria, sinceramente, que as boas notícias predominassem! Bem, por incrível que pareça, tivemos algumas nos últimos dias, então vamos comentá-las aqui e torcer para que produzam efeito!

Nesta semana tanto o Governo Federal quanto o Governo do Estado de São Paulo anunciaram medidas de proteção ao cerrado. Este bioma, que já teve quase 50% de sua área original destruída, sempre foi deixado de lado nos programas de conservação. Porém ele guarda uma imensa biodiversidade de fauna e flora (cerca de 12.000 espécies de plantas, algumas endêmicas) , a qual está sendo tardiamente valorizada. Localizando-se em grande parte no Brasil central, mas com algumas extensões para o sudeste e até sul do Brasil, sua área foi amplamente utilizada para plantação de grãos e outras culturas. Espera-se que agora, com o monitoramente prometido de ser feito pelo Centro de Sensoreamento Remoto do Ibama, possa-se coibir o desmatamento fora de controle e criar novas unidades de conservação (hoje apenas 11% do cerrado é oficialmente preservado - o que não significa que na prática esteja conservado).

No caso do Estado de São Paulo, do cerrado paulista original, resta apenas 0,84%. Menos de 1%. Mas, o secretário de meio-ambiente do Estado, Xico Graziano, acaba de anunciar a proteção destes últimos remanescentes. O cerrado paulista original era uma faixa que cortava o Estado desde os limites com Goiás e Triângulo Mineiro, chegando até Campinas. Inclusive atualmente trava-se uma briga (justa) para mudar o projeto de ampliação do Aeroporto Internacional de Viracopos, para que esta obra não ocupe uma pequena área remanescente do cerrado campineiro, que inclusive protege nascentes. O Governo do Estado conseguiu frear esta licitação, para que alternativas sejam buscadas, pois muitas vezes a tão propalada "mitigação" não traz de volta espécies em extinção e árvores centenárias que estavam ali, bem como o soterramento de mananciais. Quem quiser ler mais sobre o caso de Viracopos, recomendo acessar o blog Eco-Cidades:
http://ecocidades.blogspot.com/2009/08/folego-para-o-movimento-ambiental.html

SERRA DA CANTAREIRA
Outra "boa nova' que chega de São Paulo é que o Governo do Estado vai congelar, por decreto, cerca de 25 mil hectares na Serra da Cantareira, uma imensa reserva de mata-atlântica ao norte da maior cidade do País, que sofre ataques intensos de loteadores irregulares, tanto para erguer condomínios de alto-padrão quanto favelas. É hora de frear esta destruição, pois além de filtrar parte do ar e regular o clima da mais poluída metrópole do Brasil, a Serra da Cantareira garante água pura a milhões de habitantes da região. Já foi publicado aqui uma matéria sobre os mananciais, cada vez mais ameaçados, na Grande São Paulo. E precisamos voltar a este assunto o quanto for preciso!

Este "congelamento", chamado Limitação Administrativa Provisória, é um mecanismo previsto no Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza, para coibir a especulação imobiliária. Com isso o governo ganha tempo para criar algumas unidades de conservação no local. Segundo reportagem publicada no dia 08/09 no jornal O Estado de São Paulo, tal ação coibe a especulação imobiliária, por não divulgar onde serão estes parques. Assim espera-se.

De antemão, parabenizamos tanto o Governo Federal quanto o Governo do Estado de São Paulo pelas ações. E esperamos, de verdade, que surtam efeito. Que não sejam estas apenas "unidades de conservação de papel", como muitas vezes ocorre no Brasil.

3 comentários:

MAIRIPORÃ - disse...

Amigos adorei a noticia, sobre o Cerrado e a Serra da Cantareira, tenho um sitio www.aldeiapitoresca.com.br e posto comentarios sobre Mairiporã e Região (Moro em Mairiporã) um grande abraço.
Me permitam colocar sempr em meu sitio as noticias deste blog, obrigado

GABRIEL BERTRAN disse...

Muito obrigado pela visita e pelo apoio ao nosso blog!
A luta pela preservação é de todos nós!
Muito legal o site de vocês, terei imenso prazer em participar com as colunas do blog.
Tenho diversos artigos disponíveis. Ficam liberados para publicação, citando a autoria.
Vou divulgar o site no blog também.
Um forte abraço!
GABRIEL BERTRAN

pedro disse...

Gostei muito da reportagem! Embora tenha visto um pouco atrasado, mas farei de tudo para fiscalizar se a lei refente a Serra seja de fato cumprida! Espero que quem more em regioes proximas ao Cerrado faça o mesmo!
Um abraço!!